en | pt | es | fr | it | de | ja | Entrar

Canção do amor demais

Canção do amor demais

Apresentar o registro completo
Título: Canção do amor demais
Artista: Elizeth Cardoso
Arranjador: Antonio Carlos Jobim
Compositor: Antonio Carlos Jobim
Autor: FESTA | Antonio Carlos Jobim | Antonio Carlos Jobim | Antonio Carlos (piano, voz) Jobim | João (violão, voz) Gilberto | Irany (violino) Pinto | Nicolino “Copinha” (flauta) Cópia | GAÚCHO (trombone) | Edmundo (trombone) Maciel | HERBERT (trompa) | JUQUINHA (bateria) | Walter (voz) santos | Antonio Carlos Jobim | Elizeth Cardoso
Data: 1958
play Chega de saudade
This will be replaced by the SWF player

play Serenata do adeus
This will be replaced by the SWF player

play As praias desertas
This will be replaced by the SWF player

play Caminho de pedra
This will be replaced by the SWF player

play Luciana
This will be replaced by the SWF player

play Janelas abertas
This will be replaced by the SWF player

play Eu não existo sem você
This will be replaced by the SWF player

play Outra vez
This will be replaced by the SWF player

play Medo de amar
This will be replaced by the SWF player

play Estrada branca
This will be replaced by the SWF player

play Vida bela
This will be replaced by the SWF player

play Modinha
This will be replaced by the SWF player

play Canção do amor demais
This will be replaced by the SWF player

Resumo: Canção do amor demais seria definido por Tom como “um marco, um ponto de fissão, de quebra com o passado”. Com repertório composto apenas por canções de Tom e Vinicius interpretadas por Elizeth Cardoso, tem arranjos de Tom para instrumentos de câmera (trompa, oboé, harpa, fagote, clarone), e a primeira gravação de Chega de saudade, com o violão de João Gilberto. Lançado em 1958, foi gravado nos estúdios da Columbia, com Copinha na flauta, os trombonistas Gaúcho e Maciel, Nídia Soledade no violoncelo e Juca Stockler na bateria.
Observação:
Chega de saudade (1 lado A) / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes; Serenata do adeus (2 lado A) / Vinicius de Moraes; As praias desertas (3 lado A) / Antonio Carlos Jobim; Caminho de pedras (4 lado A) / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes; Luciana (5 lado A) / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes; Janelas abertas / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes; Eu não existo sem você (1 lado B) / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes; Outra vez (2 lado B) / Antonio Carlos Jobim; Medo de amar (3 lado B) / Vinicius de Moraes; Estrada branca (4 lado B) / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes; Vida bela (5 lado B) / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes; Modinha (6 lado B) / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes; Canção do amor demais (7 lado B) / Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes;
João Gilberto é o violonista nas músicas ''Chega de saudade'' e ''Outra vez'', gravando assim pela primeira vez a batida que se tornaria famosa à partir de seu disco de estréia, também denominado ''Chega de Saudade''. Antonio Carlos Jobim, João Gilberto e Walter Santos fazem coro na faixa “Chega de saudade”. Disco original gravado em três canais no Estúdio da Odeon, no Rio de Janeiro, em Janeiro de 1958. Contra capa escrita por Vinicius de Moraes.
Tipo: LP
Assunto:
MORAES, Vinicius de
CARDOSO, Elizeth
GILBERTO, João
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-format: 1 disco: 33 1/3 rpm; estéreo; 12 pol.
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-description_origin: APACJ
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-contributor_editor: FESTA

Arquivos neste Item

Ver Arquivos Tamanho Formato
thumbnail cançãodoamordemais.capa.jpg 774.5Kb imagem JPEG
thumbnail cançãodoamordemais.contracapa.jpg 759.3Kb imagem JPEG

Este Item aparece na(s) seguinte(s) Coleção(ções)

Apresentar o registro completo